O Newseum, um dos grandes museus dedicados ao jornalismo, localizado em Washington, Estados Unidos da América, anunciou a data de encerramento: 31 de Dezembro de 2019. O fecho do Newseum, que ocorre 11 anos depois de ter sido fundado e de o museu ter recebido dez milhões de visitantes, é ditado por razões financeiras. O enorme edifício da Avenida Pensilvânia que acolhe a instituição tornou-se insustentável e será vendido a uma universidade.
O Fórum da Liberdade, criador e principal financiador do Newseum, anunciou que mantém o seu compromisso de defender as cinco liberdades da Primeira Emenda – a Primeira Emenda à Constituição dos Estados Unidos da América, que pode ser lida na fachada do museu, estabelece que “é vedado ao Congresso legislar no sentido de estabelecer qualquer religião do Estado ou de proibir o exercício de qualquer culto ou de restringir a liberdade de expressão ou de imprensa, ou o direito de as pessoas se reunirem pacificamente e o de apresentarem petições ao Governo para a reparação de injustiças”. O Fórum da Liberdade promete ainda empenhar-se-á em aumentar a consciencialização da opinião pública relativamente à importância de haver uma imprensa livre e justa. O Newseum considera que a missão educacional é agora mais necessária do que nunca, pelo que garante que o trabalho crítico continuará através da Internet e de programas públicos em Washington D.C. e em todos os Estados Unidos da América.
O site do Newseum oferece todos os dias as primeiras páginas de muitas centenas de jornais diários de todo o mundo.

1 Comment

  • Carlos Magno Freitas

    30/10/2019 - 06:23

    VOTOS DE SUCESSO NESTE PROJECTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *